unfinished lines

a primeira vez que usei estas palavras para dar nome a um quilt, foi há 3 anos, quando fiz esta peça inspirada numa música da Patti Smith.

fiquei com muita vontade de explorar todas as potencialidades das linhas de tecido, especialmente do contraste que podiam fazer com o fundo branco.

no mês passado, fiz uma mini-coleção de 5 peças diferentes tendo por base esse mote: linhas coloridas, inacabadas, sobre fundo branco.

tudo começou com uma seleção de cores…

decidi que ía fazer 2 quilts, com almofadas a condizer, onde apenas variava o tamanho das tiras de tecido: um seria com tiras de 5cm e outro com tiras de 10cm.

as almofadas são a condizer, e o que torna o conjunto ainda mais interessante, é a maneira como as duas diferentes escalas podem interferir e criar ainda mais dinâmica ao grafismo simples deste padrão.

o 5º elemento desta coleção, é um pequeno quadro de patchwork, em que diminui a escala, mantendo a proporção, para fazer um pequeno bloco com tiras de 2,5cm.

para todos os acabamento, usei um conto corrido para pespontar em linhas direitas e com pouco distância entre elas – um trabalho meticuloso e de muita paciência.

é um conjunto de peças simples, mas muito ricas graficamente e com imenso potencial de combinações. é muito interessante perceber como a escala do padrão pode influenciar o resultado final, porque as peças são exatamente do mesmo tamanho.

os quilts e as almofadas podem ser vistos com mais pormenores na loja online.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s