do fim de semana


Fomos ao mercado medieval em Óbidos.
Costumo visitar muito a vila museu: moramos a uma escassa meia hora de viagem e é um sítio que gosto muito de ver, fotografar e apreciar. Claro que o turismo é a principal fonte de rendimento daquelas gentes, mas eu não gosto de sítios tão cheios de gente como estava Óbidos neste domingo, e como é habitual estar em alturas turísticas. Mas como o propósito da visita era a feira medieval, tínhamos mesmo de passar por magotes de gente…
Logo à entrada da vila, tive este belo presente: uma lindíssima manta de patchwork antiga pendurada numa das bonitas janelas. Nas várias lojas de artesanato podem-se encontrar bastantes peças de patchwork (afinal, uma técnica muito utilizada no artesanato do oeste, apesar de este ser mais conhecido pela cerâmica e azulejo) mas nada de muito apelativo, infelizmente.
Continuo sem conseguir perceber muito bem porque é que os vários artesãos contemporâneos de patchwork não saem do registo da manta-de-retalhos-sem-qualquer-preocupação-estética com-a-escolha-de-tecidos…
Já no mercado medieval, também encontrei vários exemplares antigos muito bonitos que infelizmente não fotografei por falta de bateria na máquina : (
A reconstituição do ambiente medieval estava bastante satisfatória, quer nos cenários, na preservação da própria muralha como fronteira do burgo, quer pela caracterização dos figurantes “oficiais”. Claro que o facto de a entrada ser gratuita a quem viesse “mascarado” fez com que não houvesse muito rigor histórico nos trajes de muitos dos transeuntes, apesar de contribuir bastante para o colorido e alegria que se vivia naquele espaço.
E como se tratava de um mercado, claro que fomos às compras: a minha princesa ganhou uma coroa de flores e o meu cavaleiro uma espada de madeira. O pai e os mais velhos foram às compras na secção dos cabedais e a mãe ganhou um belíssimo vestido antigo e bordado, que estava na secção dos 10 euros – o meu faro para estas coisas nunca me deixa ficar mal ; )

Mas fotos do mercado no flickr aqui.

Anúncios

7 thoughts on “do fim de semana

  1. Também vi! A manta estava numa janela à esquerda da entrada principal do Castelo… também me saltou à vista. Sou visitante assídua da Feira Medieval há 3 anos. Gosto muito daquela confusão de cheiros, sons e sabores! Caldo verde a fumegar em tigela de barro com colher de pau.. e porco preto assado na brasa… Hummm!
    Tenho pena que este ano fosse tudo concentrado dentro das muralhas. Acho que era mais engraçado quandoa feira ocupava toda a zona histórica. Mas enfim, foi espectacular de qualquer modo.
    E sim, também ando há anos a tentar perceber porque raio o artesanato (especialmente têxtil) não é mais desenvolvido no sentido de fazer as coisas com gosto, com algum cuidado e intenção. As blusas bordadas, por exemplo: Quem é que veste aquilo? Quadradonas, em tamanhos gigantes ou minúsculos…

    Gostar

  2. A manta é muito bonita, de facto. Gostei da expressão “manta-de-retalhos-sem-qualquer-preocupação-estética com-a-escolha-de-tecidos” e concordo, se bem que há pessoas que têm um dom natural para misturar tecidos “ao calhas” que ficam sempre bem (ou pelo menos parece que é ao calhas) mas pelo que vê por aí neste tipo de feiras não devem ser muitas. Silves também tem uma feira medieval, este ano vai ser de 6 a 12 de Agosto (acho). Espero ir e se houver coisas interessantes partilharei!

    Beijinhos

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s