Aquarius

10/100 #100diasnoblogue quando se vêm muitos filmes, seja por motivos profissionais ou de puro lazer, acho que há sempre uma forte probabilidade de ficarmos demasiado anestesiados com tudo aquilo que se vê, e acabar por sentir alguma dormência em relação àquilo que são filmes largamente aclamados pelas maiorias, e até acabarmos por ter a sensação … More Aquarius

José e Pilar

“José e Pilar” também poderia chamar-se “vida e morte”. O mais recente filme de Miguel Gonçalves Mendes relata 3 anos da vida de José Saramago. 3 anos intensos e especiais. Neles, o escritor vê nascer a Biblioteca com o seu nome, em Lanzarote, a Fundação Saramago em Lisboa, a estreia da adaptação de Ensaio sobre … More José e Pilar

documentários

Ontem dediquei o meu dia inteiramente ao DocLisboa. Além das várias exibições diárias, é bom que se diga que o Doc faz verdadeiro serviço público, como bem disse Serge Tréfaut ao Ipsilon, não apenas pela formação de público, mas por trazer o cinema às pessoas, ainda para mais se falamos de documentário, um género ignorado … More documentários

vida e morte

Entrar num cemitério é sempre uma experiência ambígua. Se por um lado é um local de dor e sofrimento, onde os vivos choram os seus mortos, por outro lado, há qualquer coisa de teatral e infinitamente poético num cemitério. O cultos dos mortos, a individualidade de cada sepultura, as lápides e inscições são mensagens deixadas … More vida e morte

Babies

Babies é o nome do novo filme/documentário, distribuido pela Focus Films e com data de estreia nos Estados Unidos para Abril de 2010. Tenho bastante curiosidade em ver o filme. A temática (controversa q.b.) do parto e gravidez, tem produzido muitos documentários interessantes que trazem uma nova perspectiva para a opinião pública. São disso exemplo … More Babies

Home

Na quarta-feira à noite fui ao cinema. È realmente um facto assinalável, por duas razões: sair de casa, à noite, num dia de semana e ver Cinema. O verdadeiro cinema, a chamada 7ª arte, é coisa cada vez mais difícil de encontrar, apesar das inúmeras estreias semanais, da indústria de Hollywood, e dos grandes block-busters … More Home

woodstock

Já aqui disse várias vezes que adoro ser mãe de (pré)adolescentes. É verdade. Surpreendo-me sempre com as coisas que trazem para partilhar, revejo-me na alegria e excitação de descobrir uma música nova, um livro novo, um filme novo. Invejo-lhes o tempo e a disponibilidade para se dedicarem a estas coisas e chamo-lhes a atenção para … More woodstock

into the wild

Uma das coisas boas acerca de ter filhos “crescidos” é sem dúvida o tipo de partilha que se adquire. No nosso caso as músicas e filmes adquirem o papel mais evidente dessa partilha. Se, por um lado, fico orgulhosa/contente de lhes ter dado a conhecer tanta coisa, ainda mais fico quando são eles a dar … More into the wild