Tell us about your stash!

stash-pics1

O pedido foi feito a todos os leitores do Sew Mama Sew, no seguimento do Fat Quarter Month.

Tenho lido com interesse todas as respostas que as várias pessoas têm dado, porque isto de trabalhar com tecidos tem muito que se lhe diga…e é interessante ver como há tantas diferenças entre as pessoas. Esta é a minha contribuição:

  • O que é que coses habitualmente?

Patchwork e roupa para crianças.

  • Em que formato compras normalmente os tecidos que usas? (Por exemplo, se vires um tecido que gostas muito mas não tens utilidade para ele no momento, que quantidade compras?)

Normalmento compro 1 metro/1 yard. Esta é a minha “regra” mas tenho várias excepções… Quando gosto muito de um tecido, ou encontro algo que imagino que irá esgotar facilmente ,mas a) é muito caro, b) não tenho uso para lhe dar, compro apenas meio metro/yard.

Compro muitos charms packs: é uma excelente maneira de conhecer novas colecções, têm um preço acessível, são muito úteis e versáteis para o patchwork.

Jelly Rolls: apesar de serem igualmente versáteis e trazerem mais quantidade de tecido do que os charm packs, são muito mais caros. Compro-os ocasionalmente, principalmente em saldo, e quando gosto muito, mas mesmo muito de uma colecção como o caso da 1974 da Moda Fabrics ;)

Fat Quarters: Muito raramente compro tecidos neste formato, apesar de reconhecer que podem ser muito úteis para quem não tem interesse em ter uma grande colecção de tecidos, e para quem não tem um uso imediato para lhes dar. Compro ocasionalmente packs de fat quarters de uma determinada colecção que me agrade, mas nunca comprei isoladamente nesta medida.

Recentemente comeci também a comprar ao rolo. Apesar de ser um grande investimento em termos financeiros, o preço final por metro acaba por ser mais rentável. Desde que faço quilts com frequência, preciso de mais quantidade de alguns tecidos para fazer a parte de trás (o backing). Para as colecções da roupa da Dressing Fairytales também compro maioritariamente em rolo. Tem sido uma revolução na minha maneira de trabalhar com tecidos!

  • Compras por impulso, ou vais à procura de algo específico?

As duas coisas. A maioria das vezes que compro tenho um orçamento pré-definido e vou procurar/encomendar especificamente aquilo que preciso e que na maioria das vezes já escolhi previamente para as minhas colecções. Compro por impulso nos saldos, onde quase sempre vou procurar achados na secção de menos de $5 ;)

  • Costumas pré-lavar o tecido? Se sim, costumas lavá-lo antes de precisar dele, ou apenas quando estás pronta a usá-lo?

Só lavo os tecidos quando os vou usar.

  • Passa-lo a ferro?

Sim, depois de lavar tenho mesmo de passar, senão ficam impossíveis de trabalhar.

  • Como é que catalogas os tecidos? (cor, tamanho do padrão, coleção, etc.)

Por cores principalmente. Depois tenho algumas subdivisões: tecidos fairytales, tecidos de natal, tecidos com números e letras, tecidos apenas para vestuário (veludos, gangas, linho, fazendas, bombazines, etc.)

  • Usas alguma técnica especial para dobrar o tecido?

Não. Dobro o mínimo de vezes possíveis de forma a que caibam nas caixas sem deixar muitos vincos, que são uma chatice para tirar.

  • Como é que arrumas os tecidos?

Até à bem pouco tempo usava 3/4 grandes caixas de plástico transparente, para poder ver o conteúdo. Não estava a gostar do resultado: as caixas ficavam bastante pesadas para se moverem de um lado para o outro, eu acabava por ter os tecidos todos ao molho e eram maios os que estavam na bancada de trabalho do que arrumados.

Agora descobri a caixa perfeita para o tipo de arrumação que me convém: umas caixas médias, robustas q.b., empilháveis e pretas para que não entre luz. Cada uma tem etiquetas a dizer o que tem: cores ou tipos de padrão. As caixas grandes permanecem cheias com os tecidos apenas para costura.

Depois tenho várias (muitas) caixas mais pequenas e empilháveis também, onde guardo todos os pedaços do tamanho de fat quarters ou menores, assim como todos os restos e restinhos, também organizados por cores.

Quanto aos rolos, guardo-os em cima de uma das mesas de trabalho, todos direitinhos e alinhados. Para esta secção também vão todas as peças de tecido com mais de 3 metros. Adoro olhar para eles!

Toda esta “compartimentação” pode parecer demsiado severa ou dar muito trabalho a fazer, mas a mim poupa-me imensas horas para aquilo que é verdadeiramente importante: coser :)

O tempo que perdemos a organizar um esquema de arrumação que nos sirva são horas que ganhamos na hora de deitar mãos à obra, não tenham dúvidas. Assim sei sempre onde tenho aquilo que preciso, e em qualquer par de horas livres tenho tudo à mão para deitar mãos à obra e aproveitar todos os minutos disponíveis da melhor maneira.

  • Tens alguma dica para construir uma colecção de tecidos bem apetrechada?

Não sei… acho que isso depende do gosto pessoal de cada um. Mas também tenho aprendido que é importante ter coisas básicas, como tecidos simples e lisos em várias cores, para poder conjugar outros tecidos.

  • Quando é que “demais” é “demais”, em termos de tecido?

Não sei, talvez quando uma pessoa só compra, compra e não faz nada com os tecidos?…

  • Tens algum tecido favorito, da tua coleção, neste momento?

Acho que sim, é este que aqui falei neste post. Mas tenho tantas coisas que gosto tanto, que é difícil escolher.

  • Qual é a tua definição do stash/colecção de tecidos perfeita?

No meu caso, perfeito seria ter várias cores do mesmo padrão/tecido. Kaffe Fassett de preferência ;)

Espero sinceramente que este questionário seja útil também para quem me lê. Muitas destas perguntas já me foram feitas várias vezes…

— —

Agradeço desde já todos os comentários ao Bloganiversário!

Têm até domingo para se candidatarem a ganhar o Quilt :)

Bom fim de semana!

Advertisements

6 thoughts on “Tell us about your stash!

  1. A questão da arrumação dos tecidos é um “must”.
    Confesso que adoro organizar/arrumar, ou não fizesse parte da minha profissão, mas no que diz respeito aos tecidos, acho que ainda não encontrei a solução perfeita!
    Também já passei às caixas opacas etiquetadas, como tu! Até agora, a melhor solução, devidamente separadas por cores. :)

    Gostar

  2. Eu gostava era de ver as fotografias desses tecidos!

    Obrigada pelo post, realmente respondeu a algumas perguntas que eu me faço constantemente…

    Gostar

  3. Bem!.. eu não fazia ideia que havia tantas maneiras de lidar com os tecidos!
    Eu sou daquelas que compra e… pronto.fica ali na gaveta, á espera sei lá do quê! ;P

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s