woodstock

Já aqui disse várias vezes que adoro ser mãe de (pré)adolescentes. É verdade.

Surpreendo-me sempre com as coisas que trazem para partilhar, revejo-me na alegria e excitação de descobrir uma música nova, um livro novo, um filme novo.

Invejo-lhes o tempo e a disponibilidade para se dedicarem a estas coisas e chamo-lhes a atenção para isso quando me dizem quer querem crescer depressa, trabalhar e ganhar dinheiro…

Esta semana foi o woodstock. Quando vi, por altura do natal à venda um dvd/documentário sobre o woodstock, não pensei duas vezes e comprei-o. Faz parte do meu espólio de adolescente uma cassete de vhs velhinha e muito gasta com um documentário sobre o festival e as actuações mais emblemáticas de cada um dos dias.

Vi-a e revi-a vezes sem conta na minha adolescência, quando me revia naquela geração que não era sequer a dos meus pais, mas sim a dos meu avós. Revia-me nos excessos, nas músicas, nas roupas, nas atitudes, no espírito subversivo, mas acima de tudo lembro-me de crescer a querer ser igual aos hippies: livre, feliz e cheia de filhos, fora dos cânones da sociedade.

Sem dar por isso, algumas dessas imagens acabam por encaixar na minha vida actual, apesar de tudo.

Por isso, foi com muito prazer que esta semana partilhei mais isso com os meus filhos crescidos. Eles descobriram o dvd lá por casa, ainda dentro do celofane, e ficaram literalmente fascinados. Com a música principalmente, é certo. Que eles já não se deixam deslumbrar por tudo aquilo como a mim me aconteceu.

Ficaram várias horas a ver e a rever, a escolher as actuações favoritas, a fazerem-me imensas perguntas sobre o festival, que eu respondi com todo o prazer.

Quem é que teve esta ideia? mas então hoje em dia os festivais de música são inspirados nisto, não?

Mas porque é que eles não cobraram as entradas à pessoas?

Como é que veio tanta gente?

Mas porque é que a Joan Baez estava a actuar grávida?

Aquela é que é a Janis Joplin?!

Quem é aquele baterista a tocar com o Santana?

Aquele é o Joe Cocker?!

Os Beatles não foram convidados porquê?

Eu redescobri a minha actuação favorita e fiquei muito contente de estar disponível na internet. A ultima vez que me lembro de ter pesquisado por ele, lembro-me de não haver nada disponível, apenas referências ao nome nas várias listas de alinhamento do Woodstock disponíveis na Internet. De quem é que estou a falar? De Bert Sommer, cuja música Jennifer me deixou fascinada desde sempre.

Graças à tecnologia e à worl wide web, hoje posso mostrá-lo a todos os que visitam o meu blog :)

Jennifer’s heaven for genial outstay
skin shining white as a dove,
lying beside her I melted away
into her river of love

I’m lost in a maze,
counting the ways that she smiles
time is slipping away
lost in the arms of her love
so gentle and wild

Jennifer’s something you
handle with care,
fragile as crystals of glass,
Jennifer’s lips are as soft as the air
kissing her here in the grass

I’m lost in a maze,
counting the ways that she smiles,
and time is slipping away,
lost in the arms of her love,
so gentle and wild

Jennifer’s heaven for genial outstay
skin shining white as a dove,
lying beside her I melted away
into her river of love
into her river of love
into her river of love
into her river of love

Para quem, como eu, gosta dos hippies e da beatnick generation, fica a informação que o Ang Lee vai estrear em Agosto um filme sobre o woodstock, assinalando os 40 anos passados sobre o evento – “Taking Woodstock”.

Não sei quando estreará em portugal, mas aqui fica o trailer…

Bom fim de semana :)

Anúncios

4 thoughts on “woodstock

  1. A presença que mais me marcou no Woodstock foi a do Bert Sommer. Que voz doce, me leva pra longe… É uma pena que tenha poucos videos sobre ele, pois gostaria de vê-lo cantando outras músicas que gosto ao vivo em vídeos como nesse.

    Tens bom gosto! :)

    Gostar

  2. É maravilhoso recordar coisas únicas, não é?
    Ainda hoje, oiço frequentemente Janis Joplin …
    Obrigado, pelos teus fatásticos posts, pelo teu trbalho, e pela pessoa magnifica que és!
    ( já falámos em tempo, no jardim da Estrela!)

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s