chegou a silly-season dos partos!

Setembro parece ser a silly-season do parto. Se no ano passado foi o caso da Adelaide de Sousa a fazer correr tinta nas revistas e caracteres na internet, este ano foi a estreia do programa das tardes da SIC que inflamou as mais diversas reacções.

Os programas podem ser vistos na página oficial da SIC, no programa “Boa Tarde”, e são tão maus que nem me atrevo a colocá-los aqui.
Parece então que a SIC teve a brilhante ideia de ir para a porta dos Hospitais de Santa Maria e de Beja, perguntar às mulheres que entravam para a Urgência Obstétrica se aceitavam transmitir os seus partos em directo para o novo programa.
Lá terão encontrado duas que aceitaram, e pronto, estava o circo armado.
A repórter da televisão começa logo por dizer “esperemos que as tardes da SIC renasçam com o nascimento destes bebés!”
Estava tudo dito: o objectivo era mesmo bater as audiências e não fazer qualquer tipo de informação…
E assim caminhámos a passos largos para o grande momento (o do nascimento da criança, pois claro), não sem antes ouvirmos a já referida repórter a fazer perguntas à mulher que estava a parir, durante contrações, e num tom de voz irritante q.b.
(Como podem imaginar, tudo o que uma mulher quer durante o seu parto, é ter um microfone apontado à boca e uma câmara em grande plano, ao mesmo tempo que lhe perguntam “lá em casa está tudo corderosinha, não é?!”)

Enfim, quando nos preparávamos para respirar de alívio e pensar que tudo aquilo tinha sido um pesadelo, e não tinha realmente acontecido, eis que outro grande momento de televisão acontece: tcharam… uma cesariana em directo!
Uma cesariana em tudo igual às muitas que se fazem por este país fora (não, não vos vou dizer que teria sido desnecessária, caso tivessem respeitado as necessidades básicas daquela mulher em trabalho de parto…), igual até no pormenor (sem importância!…) de o pai da criança ter ficado do lado de fora.

Moral da história: a partir de agora, pelo menos nos dois hospitais em questão, parece que uma mulher já pode ter dois acompanhantes e os pais podem assistir às cesarianas!
Agora já não podem negar a entrada do marido e de uma doula, nem tão-pouco negar a presença dos pais nas cesarianas, certo?…

Tudo isto seria cómico se não fosse realmente uma tristeza.
A Humpar divulgou um comunicado enviado à SIC, repudiando o tratamento à la bigbrother com que o nascimento humano foi tratado.
Houve eco do mesmo no Jornal de Notícias de ontem e de hoje, mas pelos comentários lá deixados parece que afinal tudo aquilo foi muito bonito e educativo.
Segundo os comentários deixados na página do jornal, a Humpar é uma associação de puritanos que não quer mostrar imagens de partos para não ferir susceptibilidades.
Certamente que essas pessoas nunca foram às exibições públicas do filme “Orgasmic Birth” promovidas por todo o país pela Humpar.
Afinal a malta gosta mesmo é do BigBrother!
E qualquer motivo serve para ter dois minutos de fama e aparecer na televisão.

Quanto a mim, nada melhor que os Monthy Pyton, que certamente serviram de inspiração ao programa da Sic…

E sim, o meu tom hoje é completamnete irónico, afinal, rir é o melhor remédio ;)

Advertisements

6 thoughts on “chegou a silly-season dos partos!

  1. No texto refere a função de “repórter de televisão” e “não fazer qualquer tipo de informação”.
    O programa em causa não é um programa de informação porque não depende da Direcção de Informação e não tem repórteres por essa mesma razão.
    Embora ache a ideia de gosto muito duvidoso, não foi executada por jornalistas, ou repórteres.
    Esta diferença é importante.
    Na situação das transmissões em directo dos partos, as responsabilidades morais devem ser sobretudo pedidas a quem possibilitou. Às instituições hospitalares, seus profissionais e às famílias.
    Das televisões já pouco se pode e deve esperar. Aliás, todos os programas que passam neste horário, qualquer que seja o canal, estão cheios de rubricas tão ou mais tristes que esta. A melhor solução é desligar e recomendar a toda a gente para desligar.

    Gostar

  2. Talvez por ingenuidade, continuo a ficar abismada com a falta de respeito com que as pessoas pemitem que os outros as tratem. Com a falta de dignidade com que acolhem as mais delirantes sugestões que as tornem “visiveis”.
    Acho que fiquei um bocadinho triste.

    Gostar

  3. Realmente…ao que este país está a chegar… como vejo pouca televisão não tinha conhecimento do que se passava nas tardes da SIC…ou de qualquer outro canal… Parece que cada vez mais há menos que fazer!!!!(pelo menos algo que se aproveite)
    Aprecio muito este artigo e farei por divulgá-lo!!!

    Gostar

  4. Brilhante, Rita!
    Confesso que tenho estado à espera que escrevesses aqui alguma coisa sobre o assunto.
    O programa foi mesmo vergonhoso, uma falta de respeito!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s