unknown pleasures

há já algum tempo que tinha a ideia, e a vontade, de fazer um quilt com a iconográfica capa do primeiro disco dos Joy Division.

cheguei até a fazer uns quantos testes, de delinear a imagem com linha branca em cima de tecido preto, mas precisaria de uma linha bastante grossa e nunca consegui por a minha máquina de costura a fazê-lo com resultados satisfatórios.

entretanto, este verão encontrei uma t-shirt de tamanho XXXL e achei que era perfeita para aproveitar para fazer o tão ansiado quilt. e assim fiz: cortei o painel central da t-shirt e deitei mãos à obra.
optei por construir um Log Cabin, em modo free-style, à volta do bloco central. usei tecidos lisos em preto e branco e 3 padrões da coleção Doe, da Carolyn Friedlander, que parecem ter sido desenhados de propósito para este efeito.

na parte de trás usei uma manta de algodão beje escuro e pespontei tudo com linha branca, para maior contraste e fazer lembrar as linhas do pulsar que está representado na imagem central.

quanto à iconografica imagem da capa do álbum, a primeira vez que li sobre a origem da mesma, e que fiquei com vontade de a utilizar numa manta, foi neste artigo de 2011. desde então, o artigo já foi revisto e aumentado e outros foram também escritos acerca do tema, do impacto que a imagem de capa teve e do facto de ser uma das imagens mais usadas em comunicação visual e cultura pop. até um mini-documentário foi feito, com uma entrevista a Peter Saville designer da capa do disco:

num mundo obcecado com a originalidade das ideias e com a propriedade das mesmas, não deixa de ser muito interessante e curioso que uma das imagens mais reproduzidas da cultura pop seja de copyright free. de certeza que os Joy Division nunca iriam imaginar que ao usar essa imagem, sem qualquer referencia ao nome da banda ou do disco, seriam identificados por ela para todo o sempre.
o que é certo é que a imagem se disseminou e é hoje indissociavel da mítica banda de Manchester. é caso para perguntar: se houvessem direitos de autor e royalties envolvidos, será que a imagem teria sido alvo de tantas, tão criativas e interessantes reproduções e reinterpretações?…
eu atrevo-me a dizer que não…

unknown pleasures quilt

unknown pleasures quilt

unknown pleasures quilt

unknown pleasures quilt

unknown pleasures quilt

UNKNOWN PLEASURES Quilt<
[medidas: 1,05m x 1,70m]

Anúncios

2 thoughts on “unknown pleasures

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s