Foi bonita a festa, pá!


Esta última semana foi tão intensa que não houve qualquer oportunidade de actualizar estas paragens…
Como podem imaginar, preparar a (grande) festa de 3 filhos, não foi tarefa fácil! Para ajudar a Matilde teve uma otite (foi a primeira vez em 2 anos e oito meses que esteve doente), e fez alergia ao antibiótico receitado pelo médico, que ainda a deixou pior do que estava, com vómitos e diarreia constante, já para não falar da falta de disposição para o que quer que fosse…
(nem digo mais nada sobre o assunto, porque ela já está melhor e eu já estou menos irritada comigo mesma por ter estupidamente acedido a dar o antibiótico à minha filha…)

Mas a festa foi bonita!
Como já vai sendo habitual todos os anos no último fim de semana de Agosto, recebemos a família e amigos numa festa onde o improviso e as surpresas são já uma constante.
Os Celtiberos (a banda de música folclórica/popular portuguesa familiar), tiveram mais uma brilhante actuação, desta vez com o membro mais recente do grupo, o Santiago.
Houve concurso de dança, ganho pelos bailarinos da família, mas garanto que a vitória foi renhida e suada!

E agora com a chegada se Setembro, voltamos todos a uma rotina de trabalho para começar a preparar a chegada das aulas daqui a poucos dias.

6 Comments

  1. Ola,
    aos 10 meses, por causa de uma otite cerosa, levei o meu Antonio a Urgencia Pediatrica do Hospital de Santiago em Setubal (temos uma casa perto de Azeitao), onde, depois de uma espera de 2 horas e de um febrao horroroso, lhe receitaram um antibiotico de nome Bactrim que o deixou num estado lastimavel, em tudo semelhante ao da Matilde; curei-o com Ben-u-ron e Brufen, alternados de 4 em 4 horas. Depois deste susto, prometi a mim mesma nao voltar a administrar antibioticos a nao ser em caso de extrema necessidade; eu, que pertenco a geracao dos antibioticos, devia ter estado mais atenta.
    Numa nota mais leve: deve ter sido uma festa muito gira :))

    PS-O simpatico do medico que me atendeu, depois de nos ter deixado a espera durante duas horas, perguntou-me porque e que eu tinha demorado tanto tempo a levar o menino ao Hospital…nao levou uma resposta torta porque eu fiquei embasbacada e sem fala.

    Gostar

  2. Oh! Ainda fiquei com mais pena de não estarmos por terras lusas para ir à festa.

    Que festa gira e alegre deve ter sido!

    Parabéns aos manos.
    Beijinhos, Zé v.

    Gostar

Deixe uma Resposta para Sonia Luisa Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s