organized collection


Já me perguntaram muitas vezes quantos colares tenho…
Não sei. Tenho muitos!
Não é propriamente uma colecção, porque não tem princípio, meio nem fim, e tem peças bastante diferentes entre si: tenho desde missangas baratas e colares de sementes, passando por antiguidades tibetanas em prata e colares marroquinos berberes.
Depois tenho também vários que já foram da minha avó, de quem herdei o gosto por apreciar este tipo de coisas, além de um início de colecção invejável.
Não compro colares todos os meses, aliás a última vez que comprei algum foi provavelmente na FIA do ano passado, mas nem me lembro ao certo. O facto de serem muitos é porque já os tenho há muito tempo, estimo-os muito a todos e não há nenhum que não use.
Mas sou uma apreciadora “refinada”, quem me conhece e conhece as peças que uso sabe que não é qualquer coisa que me enche as medidas – gosto da etnicidade, dos materiais naturais e de cores baças. Não gosto de contas de vidro. Gosto de antiguidades, de prata indiana, de pedras semi-preciosas e de âmbar…
E esta é a minha contribuição para o grupo Organized Collection :)

6 Comments

  1. Adoro os teus colares e muito da formas como os usas!
    A mim encantam-me as sementes, o ambar mas também as contas de vidro, gosto do brilho, mas do não brilho também.
    Isso assim penduradinho não ganha pó? A minha mãe também usa esse esquema, eu guardo tudo na gaveta.

    Gostar

Deixe uma Resposta para ana margarida Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s