design wall

De certeza que já viram esta expressão várias vezes, relacionada com o patchwork. Certamente que também já usei aqui uma vez ou outra este termo. Mas afinal o que é uma design wall?…

Ao trabalhar em patchwork é muito importante ver os blocos na vertical. O efeito visual é completamente diferentes se colocarmos os blocos no chão, do que se os colocarmos numa parede, na vertical. Claro que parece mais fácil colocar tudo do chão, afinal, para que pudessem ser colocados na parede seria preciso uma fita cola ou qualquer outra coisa do género… será?…

Não necessariamente! Há um truque fantástico, de fácil execução e elaboração, completamente infalível e de resultado garantido: uma flanela :)

Acreditem: o tecido (ou os blocos de patchwork) agarram-se como que por magia à flanela e podem ser removidos com igual facilidade. É uma excelente maneira de dispor blocos e perceber qual a maneira como conjugam melhor antes de os cosermos uns aos outros.

Aqui por casa, a flanela faz parte do meu material de trabalho imprescindível. O problema é que já não tenho paredes livres, e quando o trabalho é grande, acabo por ter de ocupar a única parede livre da sala. E a luz nesse sítio não é das melhores…

Hoje coloquei todos os blocos “hope valey” ao lado uns dos outros. Estou muito indecisa…

Inicialmente tinha pensado numa composição tipo “arco-íris”. Foi a que menos gostei de ver, mas não me desagradou de todo:

Para lhe dar continuidade precisava de fazer mais blocos de cada cor, e ficaria demasiado grande para o que tinha planeado, se usasse todas as cores.

Depois, coloquei de forma aleatória, mas sequencial, todas as cores juntando os blocos em 6 x 6.

Foi a combinação que mais gostei, tenho muita pena que a luz não tenha ajudado a reproduzir o efeito de forma mais fiel…

Para esta combinação também preciso ainda de mais 2 blocos pelos menos. Tenho de ver qual a cor que ajudaria a equilibrar…

Depois ainda experimentei virar os blocos com um vértice para cima. Como podem ver, o esquema de cores ganha logo outra dimensão e movimento:

Agora é só escolher um que me agrade mais – decisão difícil :)

Resta-me dizer que os blocos são log cabins “square in square”, nos quais cortei grosseiramente as tiras mais finas de tecido propositadamente para lhes dar um certo ar irregular.

Ah!, e os tecidos hope valey, que estou a usar neste trabalho, em conjugação com sólidos Robert Kaufman, são mesmo, mesmo bonitos. Mal posso esperar que cheguem em grande ao mercado europeu.

Anúncios

7 thoughts on “design wall

  1. olá…
    Gostei mais da primeira opção…
    Muitos destes trabalhos fazem-me lembrar os padrões dos paineis de azulejos de Marrocos… são bela fonte de inspiração… tenho alguns no meu blog…

    Gostar

  2. Este post fez-me lembrar um dos meus brinquedos favoritos: um conjunto de peças de feltro com formas várias e que se “colavam” da forma que descreves a um suporte em cartão forrado numa espécie de flanela…era um espanto! Vou ver se ainda anda lá por casa dos meus pais!!!!que saudades!

    A decisão: estás a escolher entre o bom e o muito bom, por isso o sucesso será garantido!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s