chão de estrelas


Hoje saí do escritório em serviço externo (nome pomposo para para visitar repartições públicas) e é sempre um prazer andar com a máquina na mão nesta cidade. Para grande surpresa, um dos sítios onde fui, revelou-se uma autêntica mina de azulejos bonitos e desencontrados. Já para não falar no chão, de mosaico hidráulico no interior, e no exterior uma bela surpresa inesperada.
De volta, fotografei uma janela pela qual passo várias vezes, mas nunca tinha fotografado apesar de ser famosa: foi dela que Dom Pedro assistiu à execução dos assassinos de Inês de Castro.
“Santarém é um livro de pedra, em que a mais interessante e mais poética das nossas crónicas está escrita”, já dizia Almeida Garrett.

Anúncios

3 thoughts on “chão de estrelas

  1. Quem me dera ter que fazer desses serviços externos ;)Tenho uma paixão secreta por portas como essas e adorava ter um chão como esse preto e branco na minha cozinha :)

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s