papeis – parte 3

Hoje chegaram mais livros de papel de embrulho.
Disponíveis:
Art Nouveau
William Morris
Paisley
18th century english floral patterns
18th century textile painting – French Provincial
19th century french flowers
Fauve birds, butterflies and flowers.

Para quem não foi a tempo de encomendar da primeira vez, aqui fica mais uma oportunidade. Basta enviar um mail a dizer quais gostariam de receber. Têm 10 folhas dobradas em quatro vezes o tamanho do livro, que é pouco maior que um A4. Custam 12€, com custos de envio incluídos.

Por falar em custos de envio, hoje foi um daqueles dias para esquecer nos correios…
Sei que não sou a única a fazer questão de enviar as minhas encomendas com selos em vez de etiquetas pré-franquiadas.
Faço-o pelas mais diversas razões, seja por ser um detalhe de personalização das encomendas, seja para surpreender quem os recebe, seja porque (infelizmente) o selo em Portugal é cada vez mais um objecto em desuso, principalmente na correspondência diária.
Adiante…
Hoje entrei na estação de correios às 17h45, tirei senha, aguardei pacientemente a minha vez, e fui atendida às 18h40.
Quando, delicadamente coloquei os 4 pacotes em cima do balcão e solicitei selos ao funcionário para colocar nas encomendas, a resposta dele foi:
“Selos?! a esta hora?! deve estar a gozar comigo!é que não tenho mais nada que fazer!… já devia ter saído há 10 minutos e ainda estou a atender ao balcão! Acha que lhe vou vender selos a esta hora??”
Eu até nem tinha grandes problemas a reportar à minha habitual estação dos correios, mas hoje a antipatia do funcionário valeu por todas as outras.
Ainda teve a distinta lata de me virar costas, deixando-me literalmente pendurada no balcão e mandar outro colega atender-me.
É este o estado a que chegámos com a privatização dos CTT, onde ao balcão nos impigem livros à força e nos maltratam para comprar um selo…
Compreendo o mal estar dos funcionários ao serem sujeitos a fazer horas extraordinárias não remuneradas, mas não tenho culpa disso.
E não será certamente com atitudes destas que irão cativar os clientes e melhorar os índices de produtividade…
No entanto, fiquei curiosa… segundo o simpático senhor que me atendeu, qual seria o sítio mais indicado para comprar selos? na padaria?… deve ser.

Anúncios

11 thoughts on “papeis – parte 3

  1. Olá Rita,

    é a primeira vez que visito o teu blog, casa, quarto.
    Gosto das mantas e já aprendi mais coisas sobre retalhos e pachworks…

    É verdade, todos temos histórias com os correios, mais as pessoas que não respiram correios.
    Cresci entre sacos e malas do correio, em que era uma alegria poder colocar uma marca de dia certeira e de uma pancada só nos meus papéis de brincar já no final do dia enquanto o meu pai fechava o balanço! o cheiro da cola, e das motas dos carteiros guardadas lá trás da estação dos correios!
    Já não há tempo assim, só em nós
    Parabéns pelo teu espaço
    catarina
    Vouzela, 11 de Janeiro 2008

    Gostar

  2. Rita,

    as minhas aventuras nos correios davam no mínimo uma série de comédia hilariante, desde me terem roubado o telemóvel até ter esperado 3 horas para levantar uma encomenda.

    só me lembro dos meus tempos de juventude, numa ilha asiática onde a estação dos correios era ponto obrigatórios todos os dias depois de almoço.as cartas ligavam-me à europa e o advento do e-mail ainda estava longe.nessa estação de correios nunca demorei mais de 10 minutos a despachar as saudades.e os funcionários diziam apenas duas ou três palavas de português e nunca me recusaram selos mesmo quando deixou de ser prática corrente em correspondência volumosa.

    bom natal.

    Gostar

  3. Cara Rita,
    foi com grande surpresa que ao encontrar o teu blog, me apercebi que talvez serias a Rita que tinha uma loja encantadora, no centro da cidade! Loja que eu visitava religiosamente a cada ida a Santarém (muitas vezes encontrando-a fechada, pois apanhava o fim de semana ou férias!)!
    Blog fresco, interessante e com belissímos trabalhos!!! Já está adicionado aos meus favoritos! :)

    Gostar

  4. Rita,
    quero-te desejar um feliz Natal e um novo ano cheio de sorrisos… e agradecer esta partilha do teu espaço por toda a inspiração que me proporcionou ao longo do ano.
    Parabéns e continua.
    (sou a amiga da ângela C.)

    Gostar

  5. Bem… aqui onde eu moro… alguns funcionários já foram “domesticados” mas já tive a minha dose disso!
    Uma desgraça… E tens razão em relação aos selos:) É tão mais bonito do que aquelas reles etiquetas…

    Gostar

  6. Eu tenho uma estação de correios relativamente pequena perto de casa e gosto muito do atendimento. Quanto a esse senhor devia ter saído à hora dele assim não causava desconforto a ninguém!!!

    Gostar

  7. também já passei umas boas nos correios. e depois numa tentativa de “suavizar” a situação mostraram-me um catálogo de relógio (?) ridículo, no mínimo.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s